quarta-feira, 5 de março de 2014

Especial Bebês: Hora de desmamar!

Olá amores!! Como passaram de feriadão!? Muito bom ter uns dias pra descansar e sair um pouco da rotina, não é mesmo!? Pena que já acabou... Bom, o post de hoje é mais um Especial Bebês, o primeiro foi deste especial foi Dormindo a noite toda e no post de hoje vou contar pra vocês como foi a minha experiência na hora de desmamar minha pequena, e espero que possa ajudar as mamães de plantão! Foi bem tranquilo desmamar minha filha, na verdade acho que eu nem teria muito que escrever aqui, por que foi super natural, rápido e tranquilo!
Primeiramente eu já havia decidido desde quando estava grávida que iria amamentar meu bebê até 1 ano. Acho que é o suficiente. E como sempre achei constrangedor o fato de que quando as crianças ficam maiores elas começam a tirar as roupas da mãe em qualquer lugar que estejam e na frente de qualquer um, fortaleci ainda mais minha opinião. Também sempre soube que quanto mais tempo a criança mama, mais difícil fica para desmamá-la, então fiquei firme e desmamei minha pequena duas semanas antes dela completar 1 ano! E acreditem: a única que sofreu foi eu. Foi tão natural para minha filha que ela não chorou, não sofreu e não pediu nenhuma vez depois que decidi que havia chegado a hora de desmamar!

Como eu já havia decidido na gravidez amamentá-la até 1 ano, eu já fui pensando em como faria isso, e a primeira coisa que fiz já pensando nesse objetivo foi começar a dar a mamadeira pra pequena quando ela estava entre 6 e 7 meses. Dava suco (tentei chá também, mas chá ela nunca quis e não gosta até hoje). De vez em quando dava um suquinho, não era sempre não. Foi mais pra ela já acostumar com a mamadeira. Demorou uns 3 dias pra ela "pegar" a mamadeira.

Quando ela estava com uns 10 meses comecei a dar o leite Ninho para ela dormir, como a pediatra havia indicado. E isso ajudou não só pra fazer meu bebê dormir a noite toda como ajudou também na hora de desmamá-la. Então eu comecei a fazê-la dormir com a mamadeira. E ela já não "precisava" mais do mama para dormir! Como ela já estava acostumada com a mamadeira isso não foi nenhum problema. Então eu comecei a amamentá-la no peito apenas pela manhã e a tarde. Só duas vezes por dia.

Faltando duas semana para a pequena completar seu primeiro aninho, eu substitui as duas mamadas (da manhã e da tarde) pela mamadeira. Simples assim! Da noite pro dia mesmo. E ela não chorou, na verdade acho que ela nem sentiu... Eu sofri, a gente sente falta de alimentar nosso Bebê, por alguns momentos até pensei em desistir dessa ideia, e quase desisti mesmo. Mas graças a Deus fiquei firme e hoje vejo que foi a melhor coisa que eu fiz!

O segredo é ir preparando seu bebê para o desmame. Vá substituindo as mamadas pela mamadeira aos poucos e se você conseguir fazer seu bebê dormir com a mamadeira, ele já está praticamente desmamado, pois é nesse horário que eles mais sentem falta e desejam o mama.

E lembre-se: O ideal é amamentar seu bebê até os seis meses exclusivamente com leite materno! Nos seis primeiros meses o bebê não precisa de mais nada além do leite materno. Nem mesmo de água.

A amamentação pode ser o laço emocional mais forte entre mãe e filho. Mas com um pouco de planejamento e seguindo as dicas desse post o desmame pode ser uma experiência indolor e sem estresse!

Qualquer dúvida, é só deixar nos comentários! E se tem algum assunto que você gostaria de ver aqui no Blog, é só deixar aqui também!

Beijinhos!!
Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoraria saber a sua opinião sobre esse post! Beijo ;*